Em 16 de maio de 2022 por Comunicação / Prefeitura Municipal de Itaboraí

Hospital Leal Júnior adquire novo aparelho de videolaparoscopia

Hospital Leal Júnior adquire aparelho de videolaparoscopia para cirurgias minimamente invasivas (2)Com o objetivo de oferecer um serviço altamente qualificado com uma recuperação mais rápida, a Prefeitura de Itaboraí, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) adquiriu, junto ao Ministério da Saúde, um aparelho de videolaparoscopia, utilizado para cirurgias de colecistectomia, que consiste na retirada da vesícula biliar. O primeiro procedimento com o aparelho aconteceu, na tarde desta quinta-feira (12/05), no Hospital Municipal Desembargador Leal Júnior, em Nancilândia.

Utilizado em centros hospitalares, inclusive particulares, o aparelho visa uma cirurgia minimamente invasiva, uma recuperação mais rápida, incisões cirúrgicas menores e maior segurança no procedimento cirúrgico. Habitualmente, as cirurgias de retirada de vesícula são realizadas através de incisões maiores no abdómen, que podem acabar trazendo mais riscos ao paciente e uma recuperação mais lenta.

“A aquisição do aparelho de videolaparoscopia, com o objetivo de atender os nossos pacientes, foi uma solicitação da direção médica e geral do hospital. A chegada dessa nova tecnologia retrata bem o compromisso da Secretaria Municipal de Saúde com a população de nossa cidade”, destacou a diretora geral do Hospital Municipal Desembargador Leal Júnior, Patrícia Rodriguez.

Hospital Leal Júnior adquire aparelho de videolaparoscopia para cirurgias minimamente invasivas (1)No município, a cirurgia de colecistectomia através de vídeo será realizada nos pacientes que precisarem do procedimento cirúrgico de retirada de vesícula biliar. Os pacientes passarão por uma análise clínica da equipe de cirurgia-geral do Hospital Municipal Desembargador Leal Júnior e, dependendo do caso, será utilizada a videolaparoscopia.

A videolaparoscopia é realizada sob anestesia geral do paciente e consiste na introdução de três ou quatro pequenas cânulas no abdômen através de pequenos orifícios. Através de uma câmera de vídeo especial introduzida na cânula, os médicos conseguem observar o interior do paciente. Utilizando pequenos procedimentos cirúrgicos, os médicos conseguem separar a vesícula dos outros órgãos e removê-la através de um dos pequenos orifícios.

A cirurgia dura entre 40 minutos e uma hora e o paciente recebe alta médica em até 24 horas após a cirurgia. O cirurgião-geral e coordenador da equipe de cirurgia-geral do Hospital Municipal Desembargador Leal Júnior, Bruno Campos, afirmou que os principais benefícios do aparelho são a redução de riscos e uma recuperação mais rápida para o paciente.

“Com o aparelho, conseguiremos realizar um procedimento cirúrgico com uma eficácia maior e com menores riscos para o paciente. Além disso, destaco também a pronta recuperação após a retirada da vesícula biliar. Com a videolaparoscopia, o paciente tem alta em até 24 horas após a cirurgia”, afirmou o cirurgião.

 

Secretaria Municipal de Comunicação

LEIA MAIS EM PMI





  • Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Itaboraí
    Praça Marechal Floriano Peixoto, 97 - Centro, Itaboraí - RJ, 24800-165
    Fale Conosco: comunicacao@itaborai.rj.gov.br
    ©2022 - Desenvolvido por Secretaria Municipal de Fazenda e Tecnologia / SEMFAT