Em 9 de julho de 2022 por Comunicação / Prefeitura Municipal de Itaboraí

Casa de Cultura abriga exposição inédita ‘Ser do Mangue’ em Itaboraí

Casa de Cultura abriga exposição inédita 'Ser do Mangue' em ItaboraíA Casa de Cultura Heloísa Alberto Torres, no Centro, está com visitação aberta para a exposição inédita ‘Ser do Mangue’, realizada pela ONG Guardiões do Mar, até o dia 9 de agosto. A mostra, com apoio da Secretaria Municipal de Turismo e Eventos, conta com 30 fotografias de Rodrigo Campanário, sobre os manguezais da Baía de Guanabara e seus povos, além de cinco totens sobre os diversos projetos da ONG.

A noite de lançamento da exposição, nesta sexta-feira (08/07), contou com a presença e show de George Israel, um dos fundadores do Kid Abelha, que também é guitarrista, saxofonista, cantor e compositor. George Israel é um dos artistas que abraçaram o movimento artístico Guanabarear criado pela ONG.

Encantado com a Casa de Cultura, nesta sua primeira visita e também com a exposição, o músico falou da inspiração para o show. “É bacana valorizar essas pessoas que tem esse cuidado, que fazem o que a gente talvez gostaria de fazer e que se dedicam ao Meio Ambiente. A gente passa pela Baía de Guanabara e pensa: o que fizemos? Com isso, é bom saber que tem gente freando e tentando reverter a situação, como é o caso das ONGs, catadores e outros”, comentou George Israel.

Casa de Cultura abriga exposição inédita 'Ser do Mangue' em Itaboraí

A exposição “Ser do Mangue” apresenta imagens inéditas sobre os manguezais da Baía de Guanabara e os povos tradicionais que retiram o sustento de suas famílias desse ambiente. No ensaio fotográfico documental artístico, com o trabalho do fotógrafo Rodrigo Campanário, o público poderá conferir imagens de pescadores artesanais e catadores de caranguejo captadas durante a operação LimpaOca em 2021, iniciativa do Projeto UÇÁ, desenvolvido pela ONG Guardiões do Mar.

Para o gestor da Casa de Cultura Heloísa Alberto Torres, Alan Mota, a abertura da nova exposição é um momento especial. “Sinto-me lisonjeado de receber mais uma vez uma exposição da ONG Guardiões do Mar. Ano passado foi um sucesso, com a exposição ‘Do Mangue ao Mar’, que ficou em visitação aqui na Casa por dois meses, e com a ‘Ser do Mangue’ não será diferente. A Casa de Cultura estará sempre de portas bertas para recebê-los”, frisou Alan Mota.

Casa de Cultura abriga exposição inédita 'Ser do Mangue' em Itaboraí

Fotógrafo da Guardiões do Mar há quase dois anos, Rodrigo Campanário ressaltou que todo processo de sequência e escolha das fotos foi realizado por ele. “Quando eu chego aqui e vejo esta exposição montada eu me preocupo muito mais com a reação das pessoas, se elas vão captar a mensagem que nós queremos transmitir, do que propriamente com as fotos. O nosso objetivo maior é que elas saiam daqui conhecendo sobre os manguezais e ainda com conhecimento e sensibilidade de preservação”, destacou Rodrigo.

O presidente da ONG Guardiões do Mar, Pedro Belga, falou da escolha da Casa de Cultura, para abrigar o lançamento da exposição ‘Ser do Mangue’. “Primeiramente por conta da parceria que temos com a Prefeitura de Itaboraí e com as pessoas aqui da Casa, que se tornaram amigos. Além desse espaço maravilhoso. Estamos estreando aqui e esperamos percorrer um grande circuito com essa exposição”, disse Pedro Belga.

Ainda segundo Pedro, no dia 26 de julho é comemorado o Dia Mundial de Proteção aos Manguezais. Por conta disso, o mês de julho é todo dedicado a essas ações. A Guardiões do Mar além de conservar, restaurar e limpar mangues, também valoriza os povos tradicionais que vivem desse ambiente. “Essa exposição tem a função de trazer luz para essas pessoas que tiram o sua sustentabilidade do manguezal”, finalizou Pedro.

Casa de Cultura abriga exposição inédita 'Ser do Mangue' em Itaboraí

O lançamento da exposição contou com a presença também dos secretários municipais de Meio Ambiente e Urbanismo, Jhonatan Ferrarez e de Saúde, Sandro Ronquetti. A Casa de Cultura Heloísa Alberto Torres fica localizada na Praça Marechal Floriano Peixoto, nº 303, Centro – Itaboraí.

Serviço

Exposição ‘Ser do Mangue’

Local: Casa de Cultura Heloísa Alberto Torres

Endereço: Praça Marechal Floriano Peixoto, nº 303, Centro – Itaboraí.

Data: até 9 de agosto

Horário: terças e sextas-feiras, das 8h às 19h; quartas e quintas-feiras, das 8h às 17h e sábados, das 17h às 21h

Secretaria Municipal de Comunicação

LEIA MAIS EM PMI





  • Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Itaboraí
    Praça Marechal Floriano Peixoto, 97 - Centro, Itaboraí - RJ, 24800-165
    Fale Conosco: comunicacao@itaborai.rj.gov.br
    ©2022 - Desenvolvido por Secretaria Municipal de Fazenda e Tecnologia / SEMFAT