Em 18 de julho de 2022 por Comunicação / Prefeitura Municipal de Itaboraí

Alunos da rede municipal de Itaboraí recebem prêmio ‘MPT na Escola’

trabalho infantil 4A Escola Municipal Jornalista Alberto Torres, no Apolo, foi palco do Prêmio MPT na Escola. O projeto, que integra o Eixo Educação do Resgate a Infância ‘A escola no Combate ao Trabalho Infantil’, é proposto pelo Ministério Público do Trabalho, mediante a necessidade urgente de combater o trabalho infantil no país.

Em Itaboraí, o projeto foi desenvolvido nas escolas municipais Onze de Junho e Jornalista Alberto Torres, contemplando 11 turmas, do 4º e 5º anos do Ensino Fundamental, totalizando aproximadamente 230 alunos e 23 profissionais da Educação.

O projeto começou em abril, acontecendo uma vez por semana, nas categorias de conto, poesia, desenho e música. Presente na cerimônia de premiação, que aconteceu na tarde da última sexta-feira (15/07), o secretário municipal de Educação, Mauricílio Rodrigues, ressaltou a intenção de estender o programa para mais escolas municipais já no próximo ano.

trabalho infantil 2“É gratificante para nós, da Secretaria Municipal de Educação, participar deste projeto piloto no município que é tão importante e desafiador. Itaboraí é um dos 20 municípios do estado do Rio de Janeiro a implementar esse projeto, que visa a conscientização e prevenção ao trabalho infantil, com atividades desenvolvidas junto às escolas selecionadas”, ressaltou o secretário.

Para a premiação, os trabalhos desenvolvidos pelos alunos foram avaliados por uma banca da Secretaria Municipal de Educação, formada por cinco profissionais. Todos os alunos participantes receberam medalhas, certificados e bonés do projeto. Já os três melhores colocados de cada categoria, receberam ainda jogo educativo, kit escolar, livro infantojuvenil e revista em quadrinhos. E os professores, receberam livro pedagógico e caderno personalizado.

trabalho infantilSegundo a procuradora do Ministério Público do Trabalho e coordenadora regional do MPT na Escola, Dra. Danielle Cramer, o projeto de nível nacional existe desde 2010 e foi implantado a primeira vez no estado do Rio de Janeiro, em 2012. Atualmente o projeto MPT na Escola acontece em 20 municípios do estado.

“O intuito é levar para a sala de aula a discussão sobre o tema, atuando na conscientização e prevenção desse grande mal, dessa violação dos direitos humanos, que é o trabalho infantil. Nele, conseguimos discutir o que é o trabalho infantil, o que causa, suas consequências, como prevenir, entre outros. Essa discussão é muito rica e acaba influenciando na diminuição dos índices do trabalho infantil nas localidades onde o projeto é implantado”, destacou a procuradora, ao lado do procurador-chefe do MPT-RJ, Dr. João Berthier.

Segundo a coordenadora municipal do projeto MPT na Escola, a professora Ellen Barreto, após a adesão do município ao projeto, foi elaborada toda a proposta pedagógica. Além de formações para os profissionais, acompanhamento ao trabalho realizado através de assessoria pedagógica e técnica, reuniões e visitas às escolas.

“Foi um grande desafio implantar esse projeto em Itaboraí, com os alunos retornando as aulas presenciais. Mas os professores, diretores, a Secretaria de Educação e o prefeito Marcelo Delaroli aceitaram este desafio. Sabemos que esse foi apenas um projeto piloto no município, mas conseguimos lançar a semente. As crianças precisam ter uma infância de qualidade, protegida, feliz e livre das questões do trabalho infantil”, destacou a coordenadora.

O evento foi finalizado com os alunos acompanhados pela Banda da Guarda Municipal cantando a música “Sementes”, de Drik Barbosa e Emicida. Feliz pela premiação da filha em 1° lugar na categoria Música, a costureira Ana Cristina de Castro, 39 anos fez questão de ir prestigiar este momento.

“Desde que a professora enviou um bilhete na agenda sobre o projeto, eu me envolvi. Sei da importância dessas atividades, pois vim de escola pública e entendo que ações como essas fazem a diferença na vida das crianças. Estou muito feliz e orgulhosa da minha filha”, disse a mãe da aluna Ana Vitória, de 9 anos, que escreveu a música “Tudo Novo Será”.

 

Secretaria Municipal de Comunicação 

LEIA MAIS EM PMI





  • Portal Oficial da Prefeitura Municipal de Itaboraí
    Praça Marechal Floriano Peixoto, 97 - Centro, Itaboraí - RJ, 24800-165
    Fale Conosco: comunicacao@itaborai.rj.gov.br
    ©2022 - Desenvolvido por Secretaria Municipal de Fazenda e Tecnologia / SEMFAT